Perícia isenta Igreja Renascer por desabamento

O laudo do Instituto de Criminalística (IC) isentou a Igreja Renascer em Cristo de responsabilidade pelo desabamento do telhado da sua sede internacional, no Cambuci, no centro de São Paulo, segundo o advogado de defesa, Luiz Flávio Borges D’ Urso. A tragédia ocorreu em 18 de janeiro deste ano e deixou nove mulheres mortas e mais de 100 feridos.

Em nota divulgada pela igreja, D’ Urso explicou que a Renascer contratou uma empresa de engenharia para reformar o telhado do templo, após recomendação do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em 1999. Um documento do IPT, de fevereiro de 2000, indica que 14 tesouras – estruturas responsáveis pela sustentação das telhas – foram reforçadas com vigas metálicas.

Mas, segundo o advogado, o IC constatou que uma das tesouras não foi reparada adequadamente, induzindo a Renascer a uma “falsa sensação de segurança plena”. “A conclusão do laudo aponta esse vício oculto como fator preponderante que desencadeou o desabamento”. Ele acredita que essa informação vai mudar o rumo da investigação instaurada para descobrir os responsáveis pelo acidente.

com Agência Estado

Conteudo Universal

Comente você também

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s