5 erros que as esposas não devem cometer

20130319-230109.jpg

Anúncios

A Pessoa Certa , por Cristiane Cardoso!

dna cristianeA cada dia que passa, com mais frequencia percebemos o quao dificil é encontrar a pessoa certa.

Por isso, Cristiane Cardoso tem trazido mensagens semanalmente através do jornal “Folha Universal“, do blog “Melhor que Comprar Sapatos”  e também em seus podcast.

Nossa Equipe traz pra você um desses estudos para download!Ouça e saiba quais são os segredos para encontrar a  Pessoa Certa pra você ter um relacionamento feliz.

Clique aqui:   A Pessoa Certa -Cristiane Cardoso

 

Equipe Movimento Universal..O Movimento é Você quem Faz..

Você fez um aborto, e agora?

Você fez um aborto, e agora? Por Cristiane Cardoso

abortionDe início, foi a decisão mais sensata – foi o que todo mundo disse, mas agora… agora que é muito tarde pra desfazer o que você fez, você está triste, profundamente triste. Ninguém sabe, mas você sabe, você sente isso todos os dias. Toda criança te mostra um pouquinho do filho que não nasceu. Será que ele teria os seus olhos? Seria menino ou menina? Qual nome você teria escolhido? E se você tivesse ficado com o bebê? E se… PARE!

Se você for por esse caminho, as suas frases sempre terminarão com um ponto de interrogação e nós sabemos o quão chato isso pode ser!

O problema não foi o aborto, o problema foi o que a levou a fazer um aborto. Se você não está pronta pra começar uma família e ser esposa ou mãe de alguém, você não está pronta pra se envolver sexualmente com um homem.

Se reserve para seus planos imediatos e quando você estiver pronta pra começar uma família, encontre um homem que a complete, se case, e então vá e tenha filhos.

Quanto à criança que não nasceu, essa está no céu – com certeza bem melhor do que nós estamos!

Por Cristiane Cardoso

Minha Campanha de Israel – por D. Cristiane Cardoso

Recebi por e-mail essa mensagem da D.Cristiane Cardoso.

261110749Minha Campanha de Israel

De vez em quando, você ouve falar da Campanha de Israel na Igreja Universal; e aí se pergunta: “Mas será que ela funciona mesmo?” Talvez você até tenha participado de uma dessas campanhas, mas na verdade não levou a sério o seu compromisso – afinal de contas, o envelope não traz um certificado de garantia no verso! A verdade é que a Campanha de Israel não é para todos, embora muitas pessoas participem dela.

A Campanha de Israel é para pessoas determinadas, que assumem o compromisso de lutar por aquilo que desejam. Por isso, elas fazem o que for necessário para alcançar a vitória. Elas não têm medo de perder hoje para ganhar amanhã. Digo isso com propriedade, pois esta foi uma das minhas primeiras experiências com Deus.

Eu tinha acabado de completar 15 anos e sempre sonhara em casar com um homem de Deus. Meus pais sempre apoiaram o meu sonho, por isso, ainda bem cedo, fiz um propósito com Deus de que eu não seguiria a multidão. Não foi fácil, pois na minha idade a maioria das meninas já namorava. Algumas até zombavam de mim e me tratavam como se eu fosse de outro mundo. Este, inclusive, foi um dos motivos pelos quais eu não tinha muitas amigas na escola.

Contudo, o propósito que eu havia feito com Deus não estava me dando muita segurança. Eu era a única adolescente na nossa igreja e não queria, de jeito algum, procurar um namorado firme entre os rapazes da escola! Para mim, parecia impossível ser abençoada naquelas circunstâncias, por isso decidi fazer algo que nunca tinha feito antes: participei da Campanha de Israel.

Eu não recebia salário, pois era apenas uma estudante, mas possuía algo que
representava tudo para mim: um anel que o meu pai havia me dado. Aquele era o sacrifício perfeito e, no momento em que eu o coloquei dentro do meu
envelope, pude ter a certeza de que a resposta de Deus estava a caminho! Até hoje me lembro de como foi detalhista ao descrever o homem dos meus sonhos no meu pedido de oração.

Cerca de dois meses mais tarde, minha família se mudou para outro país e eu
estava certa de que aquela mudança tinha tudo a ver com a minha bênção. Eu tinha certeza! Dentro de oito meses, eu conheci o Renato, começamos a
namorar e, 10 meses mais tarde, estávamos casados! Em apenas dois anos após o meu pedido ser levado a Israel, conhecido o marido ideal e casei com ele! O mais interessante é que ele é exatamente como eu descrevi no meu pedido de Israel!

Algumas pessoas olham e pensam que as coisas são fáceis para nós. Como se a vida abençoada que temos tivesse simplesmente caído do céu. Pois eu digo que nós somos e temos aquilo que decidimos ser e ter! Você não precisa ser
especial para que os seus sonhos se tornem realidade na sua vida. Tudo o que precisa ter é determinação e disposição para lutar e alcançar o que deseja, não importando o sacrifício que tenha que fazer.

O seu sonho tem preço? Se você disser que sim, então a Campanha de Israel
não é para você. Ma se o seu sonho não tem preço, então você é uma forte
candidata a participar da Campanha de Israel. Contudo, esta é uma decisão
que somente você deve tomar, e mais ninguém. Após a minha primeira grande experiência com Deus e após ter visto a maneira como Ele providenciou um homem de Deus para mim, quando isso parecia impossível, eu aprendi o segredo do sucesso. Desde então, tenho participado de Campanhas de Israel – a transformação do meu filho é também fruto de uma Campanha de Israel.

Eu nunca mais terei de volta aquele anel tão especial que eu sacrifiquei
para Deus, mas eu bem sei que a bênção que alcancei foi graças à minha
decisão de considerá-lo pequeno diante daquilo que eu tanto desejava. O meu sonho é meu e vou guardá-lo para sempre – não o troco por coisa alguma neste mundo!

Na fé,
Cristiane Cardoso

Download – Minha Campanha de Israel

Equipe Movimento Universal – O Movimento é você quem faz…

Por que é que os cristãos nos desapontam?

Por que é que os cristãos nos desapontam?

Por Cristiane Cardoso

choro-20olhos20verdes2Por que é que os cristãos nos desapontam? Uma mulher escreveu em seu blog. Ela provavelmente já se desapontou muito e agora estava desabafando com o mundo. E assim eu tive que deixar o meu comentário… não pude resistir…

Pessoas serão sempre pessoas, Cristãos e não-Cristãos. O único jeito de se navegar pela vida sem se machucar é fazê-lo pela fé. A fé olha adiante, rumo ao seu objetivo. Ela não olha à sua volta, para os detalhes, ou pequenos comentários aqui e lá, para as constantes falhas das pessoas que conhecemos e encontramos.

Tome o Senhor Jesus como exemplo. Ele é o melhor exemplo que alguém possa seguir. Ele sabia sobre a traição de Pedro muito antes dela ter acontecido e ainda assim o amou e entendeu. Ele sabia que os seus discípulos iriam todos deixá-lo sozinho no momento em que mais precisava e ainda assim tirou tempo para discipulá-los. E mesmo após a ressurreição, quando todos os discípulos se escondiam do público, o Senhor Jesus foi ao encontro deles.

Isto mostra que Ele não esperava nada de ninguém desde o princípio. Ele tinha um objetivo e iria trabalhar para alcançá-lo, independente de como as pessoas O tratassem. Ele tinha uma visão para cada discípulo, de transformá-los em homens de fé fortes e através deles dar início à sua Igreja. Claro que estes homens eram cheios de falhas, mas isso não os impediria de serem úteis, impediria?

Se eu passar por você de manhã e não disser “bom dia”, isso significa que eu não gosto de você? Se eu não atender à cada uma das suas necessidades, isso significa que todos os meus esforços anteriores para ajudá-la foram em vão?

Se você estivesse doente e eu não me lembrasse de te ligar, isso significa que eu não me importo com você?

Sejamos razoáveis e nos concentremos no que realmente importa. Se continuarmos a nos distrair pelo que as pessoas dizem ou fazem, ou não dizem ou fazem, nós perderemos o controle, teremos dificuldades para mantermos o nosso coração limpo, perdendo assim o foco da nossa salvação. Às vezes, precisamos ser insensíveis, como se não tivéssemos sangue correndo em nossas veias.

Se machucar faz parte da vida mas é também a parte que não te leva a lugar algum, então para que lhe dar atenção extra? Para que passar o tempo ponderando nisto? Passe por cima disso, para o seu próprio bem! Se vivermos a vida sem esperar muito das pessoas, protegeremos os nossos corações e não teremos tanta dificuldade em vivermos pela fé.

Eu comecei a usar o termo “na fé” em meio à uma época muito difícil no Ministério. Uma época em que eu costumava esperar demais das pessoas, sendo assim, a época em que eu mais me machuquei. E eu posso te dizer que funcionou porque eu ainda estou aqui. Se não fosse por eu ter me colocado constantemente ligada na fé, eu certamente não estaria escrevendo hoje.
Tudo depende da fé. Se você se permite sentir as coisas, a sua fé adormece, e os seus problemas começam a se acumular. Então à luz disso, eu prefiro estar “dormente”.

Na fé,

Cristiane Cardoso

Fonte: Cristiane Cardoso

Equipe Movimento Universal – O Movimento é você quem faz…

Vale a pena conferir!

Nossa indicação hoje vai para o blog  “dna-crisMelhor que comprar Sapatos” da Dna. Cristiane Cardoso.

Além da variedade de matérias feita por ela, as mulheres tem lugar especial para conselhos e tira duvidas.Os destaques desta semana tratam de assuntos variados como : “Servir a Deus”, “Sem Sacrificio Não Há Sucesso”, “Filha de Pastor” e o interessante post que fala sobre como começar o processo da beleza que tras até um video feito por ela!

Vale a pena conferir!

Clique na imagem acima e entre no blog.

O Jovem que era pra ser de Deus

por D. Cristiane Cardozo

Ele se destaca na igreja, bonito, sério, e tem tudo para arrebentar, mas não arrebenta, não faz a diferença, e sempre volta para a estaca zero. Ele diz que quer fazer a obra de Deus, diz que quer servir a Deus, mas quando você olha mas perto para o que ele tem feito com a sua juventude, fica difícil visualizá-lo no Altar.

O seu tempo é gasto com tudo, menos Deus. Acorda tarde, mal-humorado e desanimado. Quando tem que fazer uma escolha entre o videogame e ler a Bíblia, ele não pensa duas vezes – fica jogando até alguém gritar o seu nome. Aí já está chateado, cheio de violência nos olhos, não quer agradar ninguém. Se tranca no quarto e se revolta contra todos.Ele diz que ninguém o entende, que todos estão contra ele, mas ele não se torna para Deus, pois isso é coisa de se fazer na Igreja, aos olhos do pastor. Quando tem um dinheirinho, gasta todo e nunca pensa em ofertá-lo. As oportunidades lançadas pelo diabo são diversas: meninas que paqueram, música pervertida, filmes de cenas fortes, games de violência, pornografia na Internet, bailes, festas e tantos mais. As opções nunca acabam.

Por mais que ele saiba que é errado, ele sente prazer só de saber que ninguém sabe, ninguém nem desconfia… à vista dos seus pais e do pastor, ele é um bom rapaz, à vista de Deus, um ser perdido.Como ajudar um jovem que praticamente nasceu na Igreja, sabe o que é errado, mas sempre corre para o abraço com o diabo quando tem que fazer uma escolha?

O mundo tem criado esse jovem e os pais têm deixado por causa das emoções. “Tadinho, ele não tem ninguém, ele não sai para nada…” E aí, toma um iPod, toma um computador “para estudar”, toma uma ajudinha, toma um videogame que todo mundo tem, toma, toma e toma. E o diabo agradece.A primeira coisa a fazer é tirar as regalias! Tire a televisão do quarto dele, venda o videogame, o computador e o iPod. Coloque uma senha na Internet, não dê mais dinheiro nas mãos dele e deixe-o saber que você sabe quem ele tem sido. Se é para ele ser de Deus, ele não poderá ter o que todos os outros jovens nesse mundo têm, senão, como é que ele vai se tornar para Deus? Se o pai e a mãe não tiveram na infância o que podem dar para o filho hoje – pense nisso – o que os pais não tiveram os ajudou a chegar a Deus, então por que fazer diferente com o filho?

Só Deus poderá fazer o resto.

Confie nEle.